O projeto "Voltas", levou este título, em homenagem as rodas dançantes de uma cadeira de rodas, que se manifestam como a extensão de um corpo, que sente, comunica-se e cria. Este projeto utilizou a dança em cadeira de rodas, teatro, música e artes visuais para pessoas com e sem deficiência, estreitando os laços a fim de diminuir as diferenças e desigualdades, trabalhando a tolerância e respeito ao próximo, evidenciando as potencialidades de cada um.

O objetivo foi propor à comunidade através de oficinas, workshops, palestras e espetáculos a arte democrática e as possibilidades de expressão, através da experimentação e mistura entre deficiência e não deficiência.
Arte é união. União do homem com o seu próximo. União do indivíduo com a realidade, onde o homem aprende por meio do seu corpo; e o que define o corpo é o seu significado, não só nas semelhanças, mas principalmente pelas diferenças.

"Voltas". O projeto que ensinou através da arte, que o normal é ser diferente...

 

(2014 - 2017)

O projeto que  ensinou através da arte, que o normal  é ser diferente!

Apoio: